sábado, 28 de abril de 2012

Coisas do PREC: Lisboa 1976


Cartazes e Propaganda Política

Agit-Prop em Lisboa



Praça do Saldanha.

«A poluição propagandítistica e ideológica casava bem com o temperamento da generalidade do povo: as discussões de futebol ou nas famílias (por causa dos filhos, de dois palmos de terra arável ou de heranças) haviam dado lugar aos argumentos e contra argumentos sobre questões como o direito à habitação, o sexo antes do casamento, ou as últimas do Conselho da Revolução. No fundo, continuávamos iguais a nós próprios: românticos, generosos, gostando de festa e, sobretudo, opinativos e fervendo em pouca água. O desejo de convencermos cada português a ser um dos nossos tornava-nos, quase todos, intolerantes. A vontade de vencermos dava-nos persistência e levava-nos para a rua, em vagas de contínuas palavras de ordem, clamadas hora a hora. Ou escritas, de acesso fácil para todos. Assim sendo, o espaço público urbano tinha de ser disputado pelos diferentes partidos (umas dezenas). Em Lisboa parecia não restar a descoberto nem um milímetro quadrado e, como seria de esperar, a disputa acontecia corpo a corpo, em muitas ocasiões. Mesmo os mais calmos militantes defendiam por todos os meios a sua “dama”, isto é, a sua causa.» 
(Helena Pato em caminhosdamemoria.wordpress.com) Ler Tudo Aqui


Avenida Almirante Reis.


Rua do Ouro e Praça do Comércio.

 
Avenida da Liberdade e Avenida da República.


Praça do Comércio e Mercado do Lumiar.


Sé de Lisboa e Edificio Castil.


Cinema Monumental.


Cais do Sodré e Alcantara.

 

Chafariz do Largo do Rato e Cinema Monumental.

 

Praça de Santo António e Largo de Santa Bárbara.


Rua Brancamp, Praça de Santo António e Avenida Almirante Reis.


Sé de Lisboa e Rossio.


Estação Sul Sueste, Terreiro do Paço.


Estação de Correios de Santa Justa.


Faculdade de Ciências e Palácio Foz.


Estrela e Arroios.


Praça da Figueira.


Praça dos Restauradores e Instituto Superior Técnico.


 Praça Marquês de Pombal.


 Instituto Superior Técnico e Sanatório do Lumiar.


(fotos do Arquivo Fotográfico da CML)






Sem comentários:

Publicar um comentário